PROGRAMA ANDIFES DE MOBILIDADE ACADÊMICA

Slide1PROGRAMA ANDIFES DE MOBILIDADE ACADÊMICA

O que é?

O Programa ANDIFES de Mobilidade Acadêmica foi criado em 2003 a partir de um convênio entre as Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), conveniadas à Associação Nacional de Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES) visando regular a relação de reciprocidade quanto à mobilidade acadêmica de alunos de graduação.

A mobilidade acadêmica é um programa que permite que um estudante de graduação das instituições federais conveniadas possa solicitar, por meio de requerimento em sua instituição de origem, a possibilidade de cursar disciplinas em outra instituição de ensino superior por dois semestres letivos. Excepcionalmente, a critério das Instituições envolvidas, poderá haver renovação por mais um semestre.

Durante o tempo que o estudante permanecer na instituição de destino/receptora, sua vaga na instituição de origem fica assegurada, porém, o tempo de afastamento destinado a mobilidade acadêmica é computado para o tempo máximo de integralização curricular. A mobilidade tem duração de 1 ou 2 semestres letivos, podendo, em caráter excepcional e a critério das instituições envolvidas, ser prorrogada por mais um semestre.

A mobilidade acadêmica é diferente de transferência, uma vez que neste último processo, o estudante se vincula permanentemente a instituição que o recebe.

Podem participar estudantes que

I–estejam com matrícula regular;

II – tenham integralizado todas as disciplinas previstas para o primeiro ano ou 1º e 2º semestres letivos de seu curso, e possuam no máximo duas  reprovações acumuladas nos dois períodos letivos que antecedem o pedido de mobilidade;

Procedimentos para estudantes da UFSC

Se você é estudante da UFSC deve, primeiramente, consultar a LISTA DAS UNIVERSIDADES CONVENIADAS do PROGRAMA ANDIFES DE MOBILIDADE. Depois, você deve consultar o curso de graduação da Universidade que deseja frequentar para obter uma lista de disciplinas pretendidas com os respectivos programas de ensino.

Providenciar: a. Histórico Escolar; b. Atestado de Matrícula; c. Plano de atividades acadêmicas a serem cumpridos na IFES de destino/receptora com os respectivos programas das disciplinas.

De posse destes documentos, abra um processo na Secretaria Integrada de Graduação ou no Departamento de Administração Escolar (DAE). O processo será encaminhado ao Colegiado do Curso de Graduação para análise do(s) programa(s) da(s) disciplina(s) a ser(em) cursada(s), de modo a permitir a posterior concessão de equivalência e validação das mesmas, seguido da manifestação, por meio de parecer de deferimento ou indeferimento. Deferido o processo, o DAE emitirá a carta de apresentação do estudante à IFES de destino/receptora para que a mesma se manifeste com relação a aceitação.

Atenção:

– O candidato deve observar os prazos previstos no calendário acadêmico da UFSC e da Instituição destino/receptora referente a mobilidade acadêmica;

– O candidato deve consultar a IFES de destino/receptora sobre a necessidade de alguma documentação adicional/complementar. 

PROCEDIMENTOS PARA ESTUDANTES DE OUTRAS IFES

Para solicitar o ingresso no Programa, o candidato da IFES conveniadas deve observar os prazos de requerimento previsto no Calendário Acadêmico da UFSC, assim como os prazos de matrícula e início do período letivo. Providenciar: a. Histórico Escolar; b. Atestado de Matrícula; c. Currículo do Curso de Graduação ao qual o acadêmico está vinculado; d. Planos de atividades acadêmicas a serem cumpridos na UFSC; e. Autorização preliminar de Mobilidade Estudantil dada pelo Coordenador do Curso da IFES de origem.

De posse destes documentos, abra um processo na Secretaria Integrada de Graduação ou no DAE. O processo será encaminhado ao Colegiado do Curso de Graduação para análise.

Mais informações sobre o Programa: http://www.andifes.org.br/.

 

Mobilidade Academica